Dia Mundial Sem Tabaco tem programação para mulheres no Pará

Para comemorar o Dia Mundial Sem Tabaco, que transcorre no dia 31 de maio, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), por meio da Coordenação Estadual de Controle do Tabagismo e do Centro de Referência e Abordagem ao Tratamento do Fumante (CTF), elaborou três programações voltadas principalmente para as mulheres.

Este ano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) escolheu como tema para as atividades comemorativas “Gênero e Tabaco”, com enfoque no tabagismo feminino. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) adotou o slogan “Mulher, você merece algo melhor que o cigarro” e a Sespa “Mulher e Tabaco não combinam”.

As ações têm como finalidade alertar sobre as estratégias que a indústria do tabaco utiliza para alcançar o público feminino e sobre os males que seus produtos causam à saúde da população e ao meio ambiente.

É preocupante o aumento da prevalência do uso do tabaco entre meninas. O novo relatório da OMS, “Mulheres e saúde: evidência de hoje, a agenda de amanhã”, aponta para indícios de que o foco da publicidade do tabaco é cada vez mais as meninas. Os dados de 151 países mostram que cerca de 7% das adolescentes e de 12% dos adolescentes meninos fumam cigarros. Em alguns países, há a mesma proporção de fumantes entre os adolescentes meninos e meninas.

Segundo a OMS, o tabagismo vem crescendo entre o sexo feminino e as pesquisas recentes indicam que as fumantes têm risco elevado de desenvolver vários tipos de câncer, incluindo da cavidade oral, faringe, laringe, esôfago, pâncreas, rins, bexiga e útero, além de elevar o risco de infertilidade. As mulheres que fumam ainda duplicam o risco de desenvolver doenças cardíacas e aumentam em 10 vezes a probabilidade de morrer de bronquite crônica ou enfisema pulmonar.

Previsão – O Inca prevê que, neste ano, 9.830 mulheres terão câncer de pulmão no país. Para o Dia Mundial Sem Tabaco, o Inca desenvolveu peças promocionais que trazem a imagem de flores como um contraponto ao cigarro. As flores representam proteção ao meio ambiente, beleza e qualidade de vida, contrastando com o cigarro, que representa desmatamento, envelhecimento precoce e problemas de saúde.

A primeira programação do Centro de Tratamento do Fumante acontece nesta quarta-feira (26), às 8h, no 5º andar da Unidade de Referência Especializada (Avenida Presidente Vargas), com a exibição de vídeos educativos sobre os temas “É proibido fumar” e “Indústria do Tabaco”, e distribuição de panfletos educativos.

Na próxima sexta-feira (28), a programação continua no Hall do setor de Cardiologia da mesma Unidade, a partir de 09h, com apresentação do Grupo de Dança de Salão do Serviço Social do Comércio (Sesc), palestra sobre o tema “Tabagismo e Mulher”, proferida pela pneumologista e coordenadora do CTF, Maria de Fátima Amine; aferição de pressão arterial e teste de glicemia oferecidos pela Extrafarma; exibição de vídeo educativo; entrega de certificados para ex-fumantes; distribuição de mudas de plantas; auriculoterapia (técnica que diminui a ansiedade por meio de estímulos em pontos da orelha); avaliação nutricional e ginástica laboral.

A programação da Coordenação Estadual de Controle do Tabagismo, no dia 31 de maio, será voltada aos servidores da Sespa, com ações educativas realizadas a partir de 8h30, no prédio do Nível Central, na Rua Presidente Pernambuco. Haverá apresentação dos corais da Sespa e Tamba-Tajá, dos Correios, apresentação dos cantores Laury Garcia e Dione, grupo teatral, distribuição de panfletos, apresentação de vídeos educativos, medição de monóxido de carbono e pressão arterial, e depoimentos de ex-fumantes.
Autor: Roberta Vilanova
OBID Fonte: Agência Pará