Projeto sugere ação com todas as autoridades

O deputado Welington Landim (PSB) sugeriu ontem, durante pronunciamento na Assembleia Legislativa, uma ação conjunta com as principais lideranças do Estado: Governo, Justiça, Igreja e sociedade, de tolerância zero para as drogas, em especial para o crack.

A proposta do parlamentar foi embalada pelo plano de combate ao crack, lançado pelo Governo Federal, que reserva R$ 410 milhões para essa área.

O dinheiro será usado para qualificar profissionais das áreas de saúde, educação e de assistência social, bem como, para o financiamento de centros de atendimento aos dependentes, garantindo-lhes a reabilitação. Os parlamentares comemoram a iniciativa lembrando que o crack tem sido um dos principais agentes da violência.

Landim informou que vai apresentar um projeto de Lei para combater o tráfico de drogas no Estado. Ele quer instituir o Narcodenúncia, equipamento pelo qual a população poderá comunicar à Polícia, por meio do telefone 181, a presença de traficantes em qualquer ponto do Estado.

Frutos

De acordo com o parlamentar, a iniciativa surgiu no Paraná onde já colhe bons frutos e já se estendeu para outros três estados brasileiros: Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

Além do combate aos traficantes, Landim entende que investir nas escolas públicas, levando atrativos que permitam a permanência dos estudantes o maior tempo possível dentro das escolas, também é uma ação contra as drogas.
Fonte:Diário do Nordeste/ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)