UPP: pais e adolescentes no combate às drogas

Pais de crianças e adolescentes moradores de duas comunidades beneficiadas pela Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) estão aprendendo a prevenir que seus filhos usem drogas.

Através do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) policiais coordenados pelo tenente coronel Nelio Monteiro estão ministrando aulas nessas comunidades. As primeiras aulas aconteceram hoje apenas nas UPPs do Morro da Babilônia e Pavão/Pavãozinho. Em outras comunidades com UPPs a previsão é de que comecem no próximo sábado.

Segundo o tenente-coronel Nelio Monteiro, serão ao todo ministradas cinco aulas de duas horas cada. No programa pais terão explicações sobre o efeito e os sintomas de drogas e como agir em nesses casos. O coronel explicou que nas comunidades de UPPs a PM está fazendo um processo de sedução pedagógica dos moradores.

Na comunidade Babilônia, o número de pais nas palestras ainda era pequeno. A expectativa é de que o número aumente a cada aula. Já no Morro Pavão/Pavãozinho, mais de cem moradores compareceram ao curso. Ao todo 12 instrutores do Proerd ministram as aulas no morro.

O curso do Proerd é ministrado pela Polícia Militar desde 1992 e é uma adaptação brasileira do programa norte americano Drug Abuse Resistance Education (DARE), que visa ações conjuntas entre as polícias, família e escola para prevenir a utilização de drogas pelos jovens. A intenção do curso que já é ministrado em várias escolas do Grande Rio, é mostrar as drogas, os efeitos e como prevenir e evitar. As aulas são interativas e pais levam para casa questões para serem discutidas e debatidas com filhos.
Fonte:Extra Online/ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)