Cresce número de brasileiros que exageram no consumo de álcool

Os brasileiros estão exagerando no consumo de bebidas alcoólicas, segundo estudo divulgado nesta segunda-feira pelo Ministério da Saúde.

De acordo com a pesquisa, a parcela da população que consome álcool de forma abusiva cresceu de 16,2% , em 2006, para 18,9%, em 2009. Os dados são pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco de Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), que ouviu 54.000 adultos.

Segundo o Ministério, considera-se consumo abusivo de álcool a situação em que homens ingerem cinco ou mais doses de bebida em uma mesma ocasião, no período de um mês. No caso das mulheres: quatro ou mais doses, no mesmo período.

A população masculina apresenta um descontrole maior em relação às bebidas. Em 2009, 28,8% dos homens e 10,4% das mulheres exageraram na dose. Os números mostram que o índice de homens brasileiros consumidores de álcool supera o do Chile, 17%, Estados Unidos, 15,7%, e Argentina (14%).

O levantamento ainda mostra que o consumo abusivo de álcool é mais frequente entre jovens com idades entre 18 e 24 anos. Nessa faixa, 23% das pessoas bebem de forma abusiva. Entre os mais velhos, com idade entre 45 e 54 anos, o índice fica em 17%.

Tabagismo – O mesmo levantamento mostrou que de 2006 a 2009, o porcentual de fumantes na população caiu de 16,2% para 15,5%. Em países como a Argentina e os Estados Unidos, o índice é de 35% e 40% da população, respectivamente. O estudo revelou que 19% dos homens e 12,5% das mulheres fumam.
Fonte:Veja On-line/ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas