Globo ecológico conscientiza contra drogas

Um globo gigante colocado ao lado das bilheterias da estação Mercado do trem urbano, em Porto Alegre, chamou a atenção dos usuários durante todo o dia de sábado, dia 26. A iniciativa – que é fruto de uma parceria entre o setor de Relações Comunitárias da empresa que administra o transporte urbano e a microempresa de brinquedos pedagógicos – teve como objetivo marcar o Dia Mundial de Luta contra as Drogas. Efetivamente, o globo ecológico, como era chamado pelos organizadores, funcionou como um espaço de alerta sobre os danos que o consumo de drogas, lícitas ou não, causa ao meio ambiente.

Os interessados observavam, por fora do globo, tudo o que o planeta oferece em termos de natureza, e por dentro – através de um curto vídeo educativo -, os prejuízos que são causados pelo consumo das drogas em geral. A cada hora, dezenas de pessoas, movidas pela curiosidade, procuravam o pequeno espaço para entender a questão.

Segundo o idealizador do projeto, Jarbas Erich Barboza, a iniciativa faz um link entre o consumo de drogas e a questão do meio ambiente. “Dados científicos informam que 25% das queimadas no Brasil se originam a partir das baganas de cigarros”, alertou Barboza. Além disso, de acordo com ele, milhões de árvores são cortadas para possibilitar a produção de fumo. No que se refere à cocaína, Barboza destacou que a produção de um grama do entorpecente provoca a destruição de quatro metros quadrados de florestas.

Para a usuária do trem urbano Mariângela Carraro, que assistiu ao vídeo no globo, as informações educativas podem e devem ser seguidas por todos. “Será maravilhoso para a população”, ressalta ela.

O chefe do Setor de Relações Comunitárias da empresa administradora do trem urbano, Cláudio Gilberto Carvalho Teixeira, disse, por meio da Assessoria de Imprensa da empresa, que a preocupação com o meio ambiente está sempre presente nas ações realizadas. “Essa exposição tem um olhar diferenciado, pois conecta o uso de drogas, por si só um problema, com a degradação do meio ambiente”, explica. Outras campanhas sobre o tema são realizadas pela empresa, como o Projeto de Prevenção ao Uso de Drogas no Trabalho e na Família.
Autor: Da redação
OBID Fonte: Correio do Povo