Jovem desconhece efeito de drogas

Um estudo envolvendo quase 2 mil jovens de Porto Alegre sobre o conhecimento que têm em relação aos efeitos das drogas apontou que 53% dos pesquisados responderam saber sobre esses efeitos. Porém, após acompanhar uma palestra, 98% reconheceram não contarem com conhecimento suficiente sobre o tema. O levantamento também revelou que 54% dos jovens obtiveram informações sobre as drogas com amigos; e, apenas 36%, com os pais.

O resultado da pesquisa foi apresentado ontem na sede da Academia de Polícia Militar, na Capital Alegre. Realizado pelo gabinete Regional de Polícia Cidadã do Comando de Policiamento da Capital (CPC) da Brigada Militar, tinha como principal objetivo demonstrar que palestras, com o tema “Neurofisiologia da Drogadição e da Violência”, podem ser utilizadas no trabalho preventivo ao uso de drogas. Também buscava constatar o nível de associação entre os chamados “bondes” e a violência; e avaliar como a família interage com os jovens sobre do tema.

Segundo o major Alexandre Thomaz, autor do estudo, as ações da BM devem ser focadas na Educação e no aprofundamento da questão sobre o dependente químico. O trabalho ouviu 1.888 jovens, de 13 a 18 anos, entre abril e maio deste ano.
Autor: Da redação
OBID Fonte: Correio do Povo