Oficina de moda auxilia na reabilitação de usuárias

A criatividade e o companheirismo são a força das 13 usuárias do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS Escola) da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) que participam da Oficina de Moda promovida pela entidade. O ateliê ganha vida às terças-feiras, quando a aluna do 6º semestre do curso de Tecnologia em Design de Moda da UCPel, Márcia Belani, dá dicas e orienta as participantes do CAPS.

O grupo apresentará as peças que foram customizadas – transformadas, mas sem mudar o estilo original no desfile que acontecerá na terça-feira (20). Estêncil (moldes vazados utilizados para pintar), aplicação de tecido, pérolas, flores em tecido, rendas, fitas e botões são alguns dos “exercícios” pelos quais as alunas passam na oficina. A ideia, segundo Márcia, é futuramente criar uma grife com as produções das usuárias do serviço.

A psicóloga e coordenadora do CAPS Escola, Valéria Nogueira, explica que a Oficina de Moda tem objetivo terapêutico como todas as atividades desenvolvidas no local. No entanto, alia geração de renda, produção, criatividade e busca a autonomia do sujeito e a inclusão social. Para ela, o resgate da vaidade – que muitas podem perder em função da depressão – é visível desde o início da Oficina. “Elas se relacionam, se sentem capazes. Se arrumam mais. A gente notou rapidamente como mexeu com a auto-estima delas”, avaliou a psicóloga.

O grupo vai receber verba de R$ 5 mil do governo federal, conquistada por meio de seleção de projetos de arte, cultura e renda na Rede de Saúde Mental. Em Pelotas, apenas o CAPS Escola e o grupo Reabilitação, Trabalho e Arte (Retrate) foram contemplados. O valor foi liberado em fevereiro, e está em fase de licitação.

A Oficina de Moda do CAPS Escola está no aguardo de máquinas de costura doméstica e overlock, busto de manequim, araras, revistas de moda, ferros e mesa de passar roupa. Além disso, a verba também será destinada a cursos de aperfeiçoamento e elaboração de material publicitário para divulgação da marca a ser criada pelas usuárias. O atendimento no CAPS Escola é viabilizado em parceria entre UCPel e Secretaria Municipal de Saúde.
Autor: Da redação
OBID Fonte: Diário Popular