Custo do cigarro triplica quando se consideram consequências de fumar

O custo real de um maço de cigarros nos Estados Unidos ultrapassa os 18 dólares (14 euros), quando se consideram as consequências do fumo, conclui um estudo divulgado esta terça- feira.

Se o preço médio de um maço é de 5,5 dólares (4,2 euros) é porque se ignora o custo que o ato de fumar tem para a sociedade norte-americana, especifica o estudo da Associação Americana do Pulmão.

“Fumar custa à economia dos Estados Unidos mais de 301 mil milhões de dólares”, ou seja, 232 mil milhões de euros, quantifica o documento.

Este total inclui perdas de produtividade de 67,5 mil milhões de dólares, custos de mortes prematuras, estimados em 1117 mil milhões de dólares, e despesas de saúde ligadas ao tabagismo, estimadas em 116 mil milhões de dólares, especifica-se.

Se se adicionar estes custos ao preço dos cigarros no comércio retalhista atingem-se 18,05 dólares.

A associação diz ainda que o tabagismo mata 393 mil fumadores por ano.
Fonte:Jornal de Notícias/ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)