Prefeito de Nova Iorque pretende banir cigarro em lugares ao ar livre

O prefeito de Nova Iorque, Michael Bloomberg, pretende banir o cigarro de parques públicos, praias, calçadões e praças de pedestres da cidade. Se aprovada, a proposta ampliará a legislação em vigor que impede o fumo em escritórios, restaurantes, bares e playgrounds.

“A ciência é clara: exposição prolongada ao fumo passivo – em ambientes externos ou internos- faz mal à saúde”, disse Bloomberg. A nova medida, que deve atingir cerca de 1.700 parques, é uma das mais rigorosas dos EUA.

Segundo a agência de notícias Bloomberg, de propriedade do prefeito, ele tem o cigarro como alvo tanto na vida pública quanto na privada: além das restrições e de aumentar taxas sobre maços, doou US$ 375 milhões a programas contra o cigarro pelo mundo desde 2005. O Brasil é um dos beneficiários.

A nova medida, que deve atingir cerca de 1.700 parques, é uma das mais rigorosas dos EUA.

“Quando nova-iorquinos e visitantes forem aos parques e às praias em busca de ar fresco, haverá de fato ar fresco para respirarem”, afirmou Bloomberg.

A cidade espera que os moradores cumpram a lei por conta própria. Mas, caso não o façam, a multa pode chegar a US$ 50 (cerca de R$ 85), por “violação da qualidade de vida”. Calçadas e estacionamentos continuarão liberados para o fumo.
Fonte:INCA – Instituto Nacional de Câncer, Ministério da Saúde