Álcool é a droga mais danosa para as pessoas que cercam o viciado, diz estudo

Bem-Estar
A heroína e a anfetamina são as que mais afetam os usuários.

Um estudo britânico que analisou os danos causados aos usuários de drogas e para as pessoas que os cercam concluiu que o álcool é mais prejudicial do que a heroína ou o crack. Segundo o relatório, parentes, amigos e colegas do viciado sofrem mais com esse tipo de dependência.

O estudo, divulgado na revista científica Lancet, classifica os danos causados por cada substância em uma escala de 16 pontos.

Os pesquisadores concluíram que a heroína e a anfetamina, conhecida como “crystal meth”, são mais danosas à saúde mental e física dos usuários. No entanto, quando são computados também os danos às pessoas em volta do usuário, no topo das substâncias mais nocivas estão, em ordem decrescente, o álcool, a heroína e o crack.

O cigarro e a cocaína são considerados igualmente nocivos também quando se leva em conta as pessoas do círculo social dos usuários, segundo os pesquisadores. Drogas como LSD e ecstasy foram classificadas entre as menos danosas.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)