Palestras orientam pais e professores sobre prevenção às drogas

Agência de Notícias Estado do Paraná
Policiais do Centro Antitóxicos de Prevenção e Educação (Cape) da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) fazem, desde segunda-feira (9), palestras sobre prevenção e repressão ao tráfico de drogas para a rede de ensino municipal e estadual em Honório Serpa, Coronel Vivida e Pato Branco, no sudoeste do Estado.

Professores, alunos e pais dos estudantes, além de juízes, promotores, advogados e militares do Exército são o público alvo das atividades, coordenadas pelo núcleo da Denarc de Pato Branco.

As palestras apresentam as ações de combate ao tráfico de drogas no Paraná, com apreensões e prisões. “Professores e pais são agentes multiplicadores para que adolescentes não sejam usuários de drogas”, explica o delegado da Denarc em Pato Branco, Adriano Chohfi.

Segundo Chohfi, a Denarc também tem papel educativo e preventivo, contrapondo a imagem meramente repressiva da polícia. Por intermédio de ações similares a essa, a divisão busca não só divulgar os meios de prevenção ao uso de drogas, mas também instruir pais, familiares e profissionais de diversas áreas. “Tais pessoas necessitam adquirir conhecimento que permita identificar o uso de drogas por parte de pessoas de seu círculo social, e assim evitar as consequências causadas por essas substâncias”, diz o delegado.

A Denarc também acolhe famílias que estão com filhos envolvidos nas drogas. A filosofia de trabalho do Centro é que o dependente químico está doente e, tanto ele como a família precisa de tratamento.

HISTÓRIA – O Cape foi criado em 1994, com o objetivo de desenvolver ações no âmbito do atendimento, orientação, encaminhamento e acompanhamento aos usuários de substâncias que determinem dependência física ou psíquica. Em 9 de agosto de 2000, o Cape passou a pertencer à Denarc.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)