Rogério Carvalho é nomeado em comissão de combate ao crack

InfoNet
A indicação foi anunciada na última sexta-feira, 25, pelo líder do Partido dos Trabalhadores (PT), deputado Paulo Teixeira.

O deputado Federal, Rogério Carvalho (PT-SE), passa a integrar a partir desta segunda-feira, 28, como membro titular, a nova Comissão Especial de Promoção de Estudos e Proposição de Políticas voltadas ao Combate, Prevenção e Recuperação dos Efeitos do Crack. A indicação foi anunciada na última sexta-feira, 25, pelo líder do Partido dos Trabalhadores (PT), deputado Paulo Teixeira.

De acordo com Rogério, a nova indicação o credencia a colaborar de forma mais efetiva numa área onde tem projetos e compromissos de campanha. “O tema dessa nova comissão especial tem sido razão de imensa preocupação de nossas famílias. Como já era compromisso nosso de campanha, assumiremos a responsabilidade de estabelecer caminhos necessários à prevenção e tratamento dos dependentes com políticas públicas permanentes”, disse Rogério.

Num breve balanço desses primeiros 45 dias de trabalho, o deputado mais votado por Sergipe nas últimas eleições avaliou como positiva a sua atuação na Câmara Federal, destacando, sobretudo, a conquista de espaços e cargos estratégicos no tocante às áreas que pretende atuar.

Entre os 513 deputados Federais, Rogério já acumula os importantes cargos de secretário Geral da Frente Parlamentar da Saúde, de coordenador do Núcleo de Seguridade Social e Família do PT e o de membro da Comissão de Trabalho, Administração e Serviços Públicos, além da nova indicação para Comissão Especial de Combate ao Crack.

“Durante este período, já tive a experiência de presidir sessão, de defender projetos de interesse do governo, a exemplo da política do salário mínimo, de fazer inúmeras comunicações e já apresentei, inclusive, um importante Projeto de Lei”, avalia Rogério.

Projeto

O Projeto de Lei (PL) do qual trata o deputado foi protocolado no último dia 22 e é destinado a ampliar e defender os direitos dos portadores de deficiência intelectual no país. O PL foi elaborado em parceria com os deputados Romário (PSB-RJ) e Jean Willys (PSOL-RJ) e sintetiza em quatro eixos as mudanças e acréscimos necessários nas Leis já existentes que dispõem sobre a pessoa com deficiência. Entre eles, o direito à pensão por morte dos pais.

Frente Parlamentar da Saúde

Dos 200 deputados Federais que hoje integram a bancada da saúde na Câmara, o deputado sergipano foi o escolhido para ocupar o cargo mais alto da Frente Parlamentar, o de secretário Geral. Como prioridade da nova função, Rogério vem conciliando as agendas de debates sobre a organização, o funcionamento e o financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS), com as ações coordenadas pelo Núcleo de Seguridade Social e Família.

“Isso é muito significativo, se levarmos em consideração que cerca de 30% dos Projetos de Lei que tramitam estão voltados para área da saúde”, salienta.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)