Operação Lei Seca faz palestra sobre riscos da mistura de álcool e direção

SRZD
Agentes da Operação Lei Seca fizeram uma palestras para 350 funcionários da Ambev, empresa de produção e comercialização de cervejas nesta quarta-feira.

Ao todo, foram 38 agentes incluindo 26 cadeirantes. Com o lema “O Estado vem fazendo a sua parte. Faça você a sua e salve vidas”, a Secretaria de Estado de Governo quer que a população se conscientize dos riscos de misturar álcool e direção e assuma a sua parcela de responsabilidade para evitar que mais vidas se percam no trânsito do Rio de Janeiro.

“Há dois anos, o Governo do Estado vem fiscalizando diariamente o cumprimento da Lei Seca e fazendo um trabalho forte de conscientização sobre o risco de misturar álcool e direção. Mas o cidadão também precisa assumir o seu papel para evitar acidentes. Por isso, fizemos hoje a palestra na Ambev e faremos outras em escolas estaduais e privadas, universidades e em outras empresas. Vamos fazer cinco palestras por semana – afirma o coordenador-geral da Operação Lei Seca, major Marco Andrade.

As ações de fiscalização, educação e conscientização da operação – feitas na capital, na Região Metropolitana e na Baixada Fluminense – foram detalhadas no encontro desta quarta-feira. Um vídeo educativo mostrou as consequências do uso excessivo do álcool. Os agentes explicaram como os motoristas são abordados nas blitzes e passam pelo teste do etilômetro para medir o teor de bebida alcoólica ingerida. Números de operações realizadas e de acidentes evitados pelas operações e as histórias de vítimas do trânsito também foram apresentadas e impressionaram os funcionários da Ambev, que aprovaram a iniciativa.

Os próximos encontros dos agentes de conscientização da Operação Lei Seca estão marcados para os dias 29 de abril, na Universidade Veiga de Almeida e no Centro Educacional de Lagoa (CEL); e 11 de maio na Pontifícia Universidade Católica (PUC). Em cada uma destas instituições são esperados cerca de 300 alunos. Além desses locais, os agentes vão estar, ainda no mês de abril, em duas escolas estaduais e em duas unidades da Faetec a cada semana.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)