China proíbe cigarro em locais públicos fechados

A proibição de fumar em locais públicos fechados entrou em vigor no domingo (1º) na China, mas poucos acreditam que a medida será respeitada, em um país com mais de 300 milhões de fumantes.

A lei pretende elevar a China ao mesmo nível dos países desenvolvidos no que diz respeito às restrições ao tabaco.

Nenhuma campanha de orientação está prevista, no entanto, em um país onde se fuma sem problemas nos elevadores ou nas salas de espera dos hospitais, por exemplo.

A nova lei prevê restrições às maquinas de venda de cigarro. Além disso, os operadores de estabelecimentos comerciais em locais públicos devem colocar avisos de ´´Proibido Fumar´´ e tomar a iniciativa de evitar que os fumantes acendam um cigarro.

Segundo a imprensa local, as fábricas e escritórios não serão afetados pela proibição. A incógnita fica por conta da aplicação da lei em bares, restaurantes e no transporte público.

A cada ano o tabaco mata mais de um milhão de pessoas na China. Alguns maços custam apenas três yuanes (48 centavos de dólar). Os especialistas temem que o número de mortes provocadas pelo tabagismo triplique até 2030.

As autoridades prometeram que os Jogos Olímpicos de Pequim 2008 e a Feira Mundial de Xangai 2010 seriam eventos livres do cigarro, mas as promessas foram pouco respeitadas na prática.
Autor:
OBID Fonte: FOLHA ONLINE