ONU pede pacto para conter rota transatlântica da cocaína

Reunidos em Paris, os ministros no Interior do G8 ouviram a ONU pedir um pacto para evitar o tráfico de drogas

O diretor executivo do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC), Yury Fedotov, pediu nesta terça-feira aos Estados dos dois lados do Atlântico um “pacto político” para combater o tráfico de cocaína.

“A resposta à situação crítica gerada pelo tráfico transatlântico de cocaína passa em primeiro lugar por um pacto político renovado entre os Estados dos dois lados do Atlântico”, afirmou Fedotov na abertura da reunião de cúpula ministerial do G8 que acontece em Paris.

“O pacto deve ser baseado no princípio da responsabilidade compartilhada sobre o qual há um consenso cada vez maior, mas ainda não absoluto”, admitiu Fedotov.

A reunião ministerial convocada pela França, que este ano preside o G8 (Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Itália, Japão e Rússia), conta ainda com as presenças de 14 ministros e embaixadores de países da América Latina e da África. O Brasil está presente no encontro.
Autor:
OBID Fonte: UOL Notícias