Cristo Redentor fica vermelho contra o cigarro

Na noite de 31 de maio, Dia Mundial sem Tabaco, o Cristo Redentor ganhará iluminação em vermelho. A ação faz parte da campanha Sem tabaco, 100% Fashion, concebida pelos oncologistas do Centro de Câncer de Brasília, e conta com o apoio do INCA e da Aliança contra o Tabagismo (ACTbr). O Dia Mundial sem Tabaco foi instituído em 1987 pela Organização Mundial da Saúde e é comemorado todos os anos pelos países-membros.

Na solenidade que antecederá a inauguração da iluminação, o traje vermelho será obrigatório. A madrinha da campanha, Babi Xavier, além de conduzir o cerimonial, que contará com a participação de representantes do INCA e da ACTbr fará um pocket show aos pés do monumento, acompanhada do violonista Leonel Villar. Em anos anteriores, São Paulo e Paris foram alvo da campanha Sem tabaco, 100% Fashion, que usa a moda para alertar jovens e mulheres para os malefícios do cigarro.

Também no Rio, mímicos distribuirão fôlderes explicando à população o que é a Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco – tema escolhido pela OMS para este 31 de maio – no Campo de Santana e na Rodoviária Novo Rio. “A Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco é um tratado internacional de saúde pública ao qual o Brasil aderiu em 2005. Desde então, o país está comprometido em colocar em prática as determinações constantes no documento para reduzir a demanda por tabaco no país”, explica a secretária-executiva da Comissão Nacional para Implementação da CQCT, Tânia Cavalcante, do INCA.

Atividades em Brasília- Lançamento do site Observatório da Política Nacional de Controle do Tabaco. O Observatório reúne e disponibiliza informações atualizadas sobre a implementação da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco – tratado internacional que visa conter a epidemia do tabagismo em todo o mundo.

O lançamento faz parte do programa da Oficina Tabaco, Doenças Não-Transmissíveis e Desenvolvimento: a importância da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco no alcance dos objetivos do milênio, na sede da Organização Pan-americana de Saúde (OPAS). O encontro terá a presença do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, do coordenador da ONU no Brasil, Jorge Chediek, além de representantes da OMS, Fundo Mundial para Alimentação e Agricultura (ONU) e Banco Mundial, entre outras organizações, e acontece das 8h30 ao meio-dia.

À tarde, a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), em ação conjunta com as sociedades brasileiras de Cardiologia, de Pediatria, de Oncologia e de Nefrologia; a Associação Médica Brasileira, o Conselho Federal de Medicina e outras entidades médicas, realizarão o Fórum das Entidades Médicas Sobre Tabagismo. O objetivo é promover o debate sobre os projetos de lei em tramitação no Senado sobre a promoção de ambientes livres de tabaco.

O Fórum se propõe a apresentar um painel das evidências científicas sobre os efeitos para a saúde causados pela exposição à fumaça ambiental de tabaco. O evento será no Auditório Interlegis do Senado Federal, das 14h às 18h. (Divisão de Comunicação Social -INCA)
Fonte:INCA – Instituto Nacional de Câncer, Ministério da Saúde