Secretaria da Saúde faz alerta contra óxi em São Paulo

Folha Online
Profissionais irão distribuir panfletos sobre o assunto e orientar a população sobre os riscos da nova droga, das 9h às 15h.

O óxi é feito com pasta-base de cocaína, mais substâncias como querosene e cal. A droga também é mais nociva e mais barata que o crack –em São Paulo, a pedra é vendida por R$ 2, cinco vezes mais barato.

Segundo a secretaria, um primeiro levantamento com 92 pacientes em tratamento de dependência química apontou que 12% já relataram ter tido contato com a droga. A maioria dos entrevistados, no entanto, nunca ouviu falar da substância –e podem tê-la usado sem saber.

Ainda de acordo com a secretaria, quando o usuário já está sob o efeito de drogas traficantes aproveitam para vender óxi como se fosse crack.

No levantamento feito com os usuários, nenhum manifestou interesse pela droga e 22% a classificaram como “devastadora” e pior do que o crack.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)