Fumar aumenta níveis do mau colesterol

Terra
Os malefícios causados pelo hábito de fumar vão muito além dos problemas pulmonares e respiratórios e do aumento do risco de desenvolvimento de câncer.

O fumo também é responsável pelo aumento no índice do mau colesterol, o que por sua vez aumenta chances de aterosclerose, principal causa do infarto, derrame (AVC) e de outras doenças cardiovasculares.

Segundo Hélio Castello, cardiologista diretor da Angiocardio, de São Paulo, o cigarro ocupa lugar entre os principais fatores de risco, ao lado de problemas como obesidade, hipertensão, diabetes, problemas renais, hepáticos, e distúrbios endócrinos (principalmente dos hormônios da tireóide). “Nesses pacientes, há necessidade de realizar o exame de dosagem de colesterol com mais frequência, podendo ser até anualmente”, afirmou.

Hoje cerca de 40% dos brasileiros tem colesterol alto e, segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), aproximadamente 17 milhões de pessoas morrem no mundo devido às doenças do coração, sendo que no Brasil pelo menos 300 mil sofrem infarto anualmente. “Apesar do colesterol ser uma substância necessária, é preciso saber quando ele deixou de ser saudável no organismo e começou a ser elevado”, disse Hélio.

Há dois tipos de colesterol, o bom e o ruim. O ruim, conhecido como LDL, ou low density lipoprotein (lipoproteína de baixa densidade), propicia a formação das placas de gordura nos vasos, o que pode levar ao infarto e derrame cerebral. Já o bom, identificado como HDL, high density lipoprotein (lipoproteína de alta densidade), que colabora para a remoção do excesso de colesterol do sangue e, com isso, acaba reduzindo o risco de formar placas ateroscleróticas nas artérias, ou seja, a formação de placas de gordura.

“Além dos remédios disponíveis hoje no mercado para controlar colesterol alto, a prevenção tem de ser feita por completo, desde o controle de peso e pressão arterial até alimentação mais saudável e a realização de exercícios físicos”, afirmou o médico, que enumera cuidados para evitar o descontrole das taxas do mau colesterol:

1 – Não fumar
2 – Optar por produtos desnatados
3 – Evitar ao máximo carnes gordas e produtos embutidos
4 – Praticar exercícios regularmente
5 – Observar o IMC (Índice de Massa Corporal), para ver se o índice de gordura no corpo está dentro dos padrões ideais
6 – Encarar com seriedade o tratamento da Diabetes e da Hipertensão, se necessário Fazer anualmente um check-in completo com seu médico.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)