Secretaria lança em Lucas projeto ´adolescentes e drogas: conflito com a lei´

Só Notícias
A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social lançou, hoje, o projeto “Adolescentes e Drogas: Conflito com a lei”.

O lançamento aconteceu durante o primeiro encontro de capacitação para operadores do Sistema Municipal de Atendimento Socioeducativo em Meio Aberto que acontece até quarta-feira, no Clube do Idoso De bem com a vida.

De acordo com o coordenador geral da Secretaria de Desenvolvimento Social, Paulo Hartmann, o projeto tem como objetivo proporcionar a crianças e adolescentes identificadas e cadastradas pelo Conselho Tutelar como usuários de entorpecentes instrumentos que permitam superar as dificuldades causadas pelas drogas. Hartmann explica que a ideia é implantar uma rede de proteção social básica que possa atender tanto o menor, quanto a família. “A intenção é recuperar o jovem através de ações e incentivos que possam fortalecer o vínculo afetivo da família.”

Segundo o coordenador, o projeto vai ser desenvolvido em parceria com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e com o Centro de Referência da Assistência Social (Cras). De início já estão matriculados 20 jovens, porém, a capacidade é para atender 60.

O Creas será responsável pela atividades socioeducativas (oficinas de artes, atividades culturais e esportivas) que serão desenvolvidas com os jovens no período da tarde. Ao mesmo tempo, o Cras irá trabalhar as famílias, através do Programa de Atendimento Integral a Família, com orientações e palestras, para que os pais possam identificar o mais rápido possível qualquer envolvimento do filho com as drogas.

Para o vice-prefeito, Joci Piccini, o fato de Lucas do Rio Verde não possuir um centro de ressocialização para os menores infratores não retira a responsabilidade do poder público municipal em resolver a questão. Segundo ele, projetos como esse que proporciona ao jovem uma nova oportunidade e fortalece os vínculos familiares devem ser abraçados por toda a sociedade.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)