Projeto em Pernambuco tem participação de 690 estudantes

Dando continuidade ao Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd) no Estado, a Secretaria de Defesa Social (SDS) concluiu ontem mais uma etapa do programa. Na tarde de ontem, cerca de 690 alunos de dez escolas municipais do município de Igarassu, na RMR concluíram o curso de formação do Proerd, com base no Pacto Pela Vida da SDS. Pais dos estudantes também participaram do encontro, ocorrido no Ginásio Poliesportivo Jota Raposo, em Igarassu.

O gerente do programa estadual, João Evangelista, destacou a importância de disseminar ações preventivas contra a violência entre alunos do Ensino Fundamental. “Trabalhamos principalmente com crianças de 7 aos 12 anos de idade. Nas palestras, focamos a não-violência e o não uso de drogas tanto ilícitas quanto lícitas, a exemplo do álcool. Enfatizamos também a questão da cidadania, do respeito aos pais e as pessoas mais velhas, além do cuidado com o patrimônio público”, frisou Evangelista. Segundo ele, o governo estadual pretende atingir cerca de 50 mil jovens – dentro do programa – até o final do ano.

O aluno da 4ª série do Ensino Fundamental, Iago de Lima Chaves, 10 anos, disse ter aprendido um pouco mais com as lições repassadas pelos instrutores da Polícia Militar. “Aprendi que não se deve usar drogas, pois faz mal à saúde e é muito perigoso. Gostei muito da palestra, quando crescer quero ser policial militar”, vislumbrou o pequeno Iago.

A professora da escola municipal Dalila Fonseca, Simone Xavier, disse que essa ação foi bastante louvável e que deveria prolongar-se nas escolas. “Foi muito bom para os alunos para que eles possam dizer sempre não às drogas. Gostaria que essa ação se prolongasse até o final do ano”, exaltou a docente.
Autor:
OBID Fonte: FOLHA DE PERNAMBUCO-PE