Baixada pode ganhar centro de usuários de crack

O Dia Online
A Baixada Fluminense pode ganhar um centro de referência para o tratamento de crianças e adolescentes usuários de crack, o primeiro do Estado.

A proposta foi apresentada pela presidente da Comissão de Assuntos da Criança, Adolescente e Idoso da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), deputada Claise Maria Zito (PSDB), ao secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Rodrigo Neves, nesta quinta-feira.

O secretário elogiou a proposta da deputada e declarou que vai se empenhar junto ao Governo para a construção do centro.

“Assumo aqui hoje o compromisso de me esforçar junto ao governador para que possamos ter este equipamento na Baixada”, declarou o secretário.

Rodrigo Neves disse que pretende discutir a ideia durante este ano para que seja possível iniciar a construção em janeiro do ano que vem.

“Vou encaminhar pessoalmente esta questão”, completou ele, que também garantiu o apoio do Estado para a ação na Baixada no dia 13 de agosto, e ainda propôs a criação do Dia Estadual de Combate ao Crack, no dia 5 de novembro – data que coincide com a Semana Estadual de Combate às Drogas.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)