´Crack, só se for de bola` será lançada nesta terça em RC

Jornal a Cidade de Rio Claro
Rio Claro começa nesta terça-feira (26), um debate sobre o uso de drogas no município.

A discussão terá início durante o lançamento da campanha “Crack, só se for de bola” que acontece às 19 horas no auditório das Faculdades Claretianas localizada na Avenida Antônio Maria Claret, número 1.724, Cidade Claret.

O evento está sendo promovido pela AJA (Associação Juventude Ativa) com o apoio da Comissão de Direitos Humanos da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Rio Claro, que mediará o debate, e da ONG Miraterra. O evento é aberto ao público.

De acordo com a presidente da AJA, Carol Gomes, explica que o objetivo da campanha é promover uma intensa discussão sobre o assunto envolvendo associações, sindicatos, sociedade civil e poder público, além dos órgãos de segurança.

Segundo ela, a ideia é discutir de forma coletiva possíveis soluções para combater o uso de drogas entre os jovens no município. “O crack sem dúvida é o mau do século. Mostrou que veio para destruir vidas, sonhos e famílias, e nossa cidade não conta com programas para tratar a droga em sua especificidade, principalmente quando o problema envolve a Juventude que, infelizmente, é a maior parcela atingida pelo crack”, comenta Carol.

“O intuito do lançamento, é promover um debate juntamente com especialistas em entorpecentes, governo e sociedade civil, para que a frase de efeito da campanha ‘Não há saídas individuais, para problemas coletivos’ seja colocada em prática, e possamos discutir juntos soluções para combater as drogas em nossa cidade”, acrescenta.

Segundo ela, nesta terça será feito o lançamento político-institucional da campanha que pretende formalizar as parcerias que possibilitem a sua prática. A cerimônia de lançamento contará com a presença da psiquiatra Cristina Doléssio, assessora do deputado Celso Russomano, entre outras autoridades. Haverá ainda o depoimento de dois adolescentes usuários de drogas que atualmente fazem tratamento para se livrarem do vício.

Também nesta terça-feira, serão apresentadas as próximas etapas da campanha que pretende utilizar o esporte como viés para livrar os jovens do vício. A ideia é investir na realização de atividades esportivas nas comunidades carentes dando aos adolescentes uma nova perspectiva de futuro.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)