Maioria dos brasileiros é contra uso legal de drogas

Destak Jornal
Para 78,6% dos entrevistados, consumo de drogas deve continuar sendo considerado crime

O debate sobre a descriminalização do uso de drogas no país tem chamado a atenção da maioria dos brasileiros, que também já se posicionaram: 78,6% são contra.

Pesquisa realizada pelo Instituto Sensus, por encomenda da Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra que apenas 17,8% são a favor do uso legal de drogas e 3,7% não têm opinião ou não quiseram responder.

O levantamento ouviu 2 mil pessoas em 24 Estados do país entre os dias 7 e 12 de agosto.

União gay

A pesquisa CNT/Sensus ouviu a opinião dos brasileiros sobre outros assuntos polêmicos que estão na pauta do país, entre eles a união civil de pessoas de mesmo sexo.

A maioria (53,8%) se disse contra a legalização desse tipo de união e 56,3% afirmaram que deputados e senadores não devem aprovar legislação que permita o casamento entre homossexuais. Cerca de 40% são favoráveis à união civil gay.

No caso de aprovação do casamento de pessoas de mesmo sexo, 55% disseram que casais gays não devem ter o direito de adotar uma criança.

Outro tema polêmico abordado pelo levantamento foi a redução da idade penal.

Para 86% dos entrevistados, a idade mínima para que o menor responda legalmente por crimes cometidos deve passar de de 18 para 16 anos.

Mercado de trabalho

Entre os entrevistados pela pesquisa, 51,2% se disseram satisfeitos com seu trabalho. Na última vez em que o instituto havia feito essa pergunta, em fevereiro de 2004, 36,2% se mostravam satisfeitos. Na época, 55% disseram que não estavam trabalhando.

Cerca de 45% dos brasileiros pensam em trabalhar por conta própria e, dos que não tomaram esse caminho, 25% disseram que faltou crédito.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)