Segundo estudo, o fumo é o principal causador de câncer de laringe

O fumo é o principal causador do câncer de laringe, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai começar a tratar agora, com o uso de quimioterapia. O consumo de bebida alcoólica também é um fator de risco, em especial quando associado ao cigarro.

A laringe é uma estrutura que fica no nosso pescoço e está diretamente ligada ao sistema respiratório – o ar que nós respiramos passa por ali no caminho para os pulmões. Nossas cordas vocais estão localizadas ali. Ela é importante principalmente para dois processos: a fonação, ou seja, a nossa capacidade de falar, e a proteção do sistema respiratório – quando estamos comendo, se algum alimento ameaça passar por ali, ela se fecha.

De acordo com o Inca (Instituto Nacional do Câncer), problemas como dor de garganta, rouquidão, dificuldade de engolir e sensação de um “caroço na garganta” podem ser sintomas de um tumor na região. Em casos mais avançados, também pode ocorrer dificuldade para respirar ou falta de ar.

Heloisa de Andrade Carvalho, radio-oncologista do Hospital das Clínicas de São Paulo e do Hospital Sírio-Libanês, explica que a fumaça e as substâncias presentes no cigarro causam pequenos traumas nas células da laringe, que o nosso corpo precisa consertar. Com o tempo, esse processo de cicatrização pode começar a ocorrer de modo errado, provocando o tumor.

O álcool tem o mesmo efeito: vai traumatizado e provocando a regeneração, que pode ficar anormal. Isolado, o álcool não é um fator de risco forte, mas com o cigarro, sim.
Autor: Felipe Maia
OBID Fonte: R7