Consumo moderado de álcool aumenta risco de cólicas e diarreias

G1
Estudo mostra que apenas 1 dose da bebida pode levar aos sintomas.Pesquisa foi divulgada por associação de gastroenterologia nos EUA.

Pessoas que bebem moderadamente podem desenvolver um número elevado de bactérias no intestino delgado e sofrerem com problemas como cólicas e diarreias, segundo um estudo de uma associação de gastroenterologia nos Estados Unidos (ACG, na sigla em inglês) divulgado nesta segunda-feira (31).

O estudo contou com 198 pacientes, sendo que 95% deles bebiam no máximo uma dose de álcool por dia. A quantia equivale a 340 gramas de cerveja ou 141 gramas de vinho ou 42 gramas para destilados.

Quando a pessoa apresenta excesso de bactérias, parte dos nutrientes que ela recebe da alimentação não é aproveitada. Os micro-organismos aproveitam esses nutrientes e provocam o surgimento de gases e alteram o funcionamento do intestino.

Estudos anteriores já apontavam a relação do aumento de bactérias no intestino delgado em alcoólatras. Para os médicos, o novo trabalho mostra que mesmo um pequeno consumo de álcool pode levar ao problema.

O tratamento convencional envolve o uso de antibióticos, mas os médicos analisam se a abstinência total pode ser uma forma de combater o aumento nocivo de bactérias no trato intestinal.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)