Mutirão para acabar com a dependência do fumo

Levantamento do IBGE aponta que 18,8% dos gaúchos fumam diariamente

O lançamento da campanha nacional Brasil Sem Cigarro chamou a atenção dos gaúchos na manhã deste sábado, na sede campestre do Sesc, em Porto Alegre. Com a presença do médico Dráuzio Varella e da apresentadora do Fantástico Patrícia Poeta, a iniciativa tem como objetivo convencer fumantes a abandonar a dependência.

O desafio é grande, uma vez que o Rio Grande do Sul tem o maior percentual do país de pessoas que fumam diariamente, conforme pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base em informações de 2008. O levantamento aponta que 18,8% da população do Estado fuma todos os dias, contra uma média nacional de 15,1%.

No sábado, o Sesc seria palco de palestras, medição de pressão e outras atividades ligadas à saúde. Também neste fim de semana, atividades semelhantes aconteceriam no Rio.

Para o médico Dráuzio Varella, a receita para abandonar o cigarro começa com a marcação de uma data para isso, mas que seja próxima. Enquanto algumas pessoas conseguem parar de fumar de forma repentina, outras precisam fazê-lo gradativamente. Beber goles de água é uma maneira de driblar a vontade de fumar.

Além disso, muitos fumantes associam a dependência a determinadas situações, como sair com amigos ou ver TV em casa em uma determinada hora. É importante inventar atividades que substituam os antigos hábitos, principalmente nos horários em que eles costumavam ocorrer.

A campanha inclui ações gratuitas em 10 capitais do país e uma série de reportagens em andamento no programa dominical Fantástico, da Rede Globo, destinada a banir a dependência. Desde sexta-feira, uma grande lixeira foi instalada no Largo Glênio Peres, na Capital, para recolher cigarros de futuros não-fumantes. As próximas etapas ocorrem em Fortaleza-Brasília, Manaus-Goiânia, Belém-Recife e Belo Horizonte-São Paulo.
Autor:
OBID Fonte: ZERO HORA-RS