Jovens com histórico de câncer de mama que bebem têm risco maior de desenvolver a doença

UOL
Consumir bebidas alcoólicas eleva o risco de desenvolver câncer de mama em adolescentes com histórico da doença na família. O estudo foi publicado na revista Cancer.

De acordo com os pesquisadores, as usuárias de álcool com histórico da doença na família tinham mais que o dobro de chances de desenvolver a doença, em comparação com quem não tinha histórico.

A pesquisa foi iniciada em 1996, com nove mil meninas norte-americanas, que tinham idade entre nove e 15 anos. Elas foram acompanhadas até 2007 e responderam a questionários sobre o aparecimento de tumores benignos, altura, peso, idade da primeira menstruação e quantidade de álcool consumida.

De acordo com Graham A. Colditz, autor do estudo, evitar o consumo de álcool ajudaria a diminuir o risco de inflamação, que é o que faz com o tumor benigno apareça, e assim, diminuir as chances de desenvolver a doença.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)