Ansiolíticos são remédios controlados mais vendidos no Brasil

Ansiolíticos foram as substâncias controladas mais consumidas pela população brasileira no período de 2007 a 2010, segundo Boletim do Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC) da Anvisa, que traz uma série de dados relativos ao comércio de medicamentos controlados no país. Os remédios para ansiedade, geralmente usados para dormir, bateram os emagrecedores e os antidepressivos.

Os princípios ativos clonazepam (Rivotril), bromazepan (Lexotan) e alprazolam (Frontal) ocuparam, durante todo o período analisado, as três primeiras posições de venda. Só em 2010, foram vendidas cerca de 10 milhões de caixas do medicamento Clonazepam – o primeiro da lista.

O segundo mais comercializado foi o psicotrópico Bromazepan, com 4,4 milhões de unidades vendidas, seguido pelo medicamento Alprazolam, que registrou 4,3 milhões de unidades.

O boletim também apresenta estimativas de gastos das famílias brasileiras com as substâncias de maior consumo. No caso do Clonazepam, por exemplo, o investimento dos brasileiros, se considerado o preço máximo ao consumidor e a menor faixa de imposto (12%) aplicável, pode ter chegado a R$ 92,4 milhões.

Segundo a Anvisa, médicos veterinários e odontólogos superaram os médicos em alguns tipos de receituário, como o branco, utilizado para prescrição de medicamentos da classe dos retinóicos, indicados, principalmente, para problemas dermatológicos.

O Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC) tem a finalidade de subsidiar ações de vigilância sanitária nos diferentes níveis decisórios e contribuir com o uso saudável de medicamentos no país. Os dados apresentados no Boletim são obtidos por meio da escrituração eletrônica dos medicamentos sujeitos a controle especial, realizada por farmácias e drogarias de todo o Brasil.

Clique aqui e confira o boletim.
Autor:
OBIDFonte: UOL