Calor, futebol e a ´cervejinha`

UOL
O calor está aí e muitos organizam as peladas de final de dia e em seguida a cervejinha com os amigos para jogar conversa fora.

Sem dúvida este comportamento tem um papel lúdico e social muito importante. Porém o consumo de cerveja logo após uma atividade física não é recomendado. Os fatores que não recomendam este comportamento estão relacionados à reposição hídrica fundamental após uma atividade física.

A celebração com os amigos tomando uma cerveja após o certame faz com que nosso organismo seja obrigado a perder mais água do que já havia feito durante o jogo. Isto porque o álcool contido na cerveja estimula a atividade renal a eliminar água através do aumento de hormônios que controlam o funcionamento destes órgãos.

Quando então você joga futebol, 70% da energia gasta no jogo resulta em produção de calor. Somente 30% representa a energia gasta com a contração muscular. Para manter a temperatura constante nosso organismo perde água pela sudorese. Ao final da partida então o corpo apresenta menor quantidade de água que no início do futebol. Se então você adicionar qualquer bebida alcoólica (a cerveja inclusive) irá perde mais água ainda. O resultado desta história pode ser um mal estar transitório até uma complicação mais grave por alteração da funcionalidade do sistema cardiovascular.

Por isso lembre-se, a atividade física próxima do consumo de bebida alcoólica não é recomendada e ao contrário do que algumas pessoas acreditam o suor não ajudará a eliminar o álcool pelo contrário pode aumentar sua toxicidade.

Para hidratar após o esforço o melhor então é água.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)