Câmara de Combate às Drogas faz primeira reunião de 2012

180 Graus
Representantes da Câmara de Combate as Drogas de Campo Maior se reuniram na tarde desta segunda-feira (5), para eleger o nome de um articulador da Câmara.

O escolhido foi o funcionário público Gilberto Araújo.O vereador Francisco Rademarques, que é o autor do decreto para a criação da Câmara, disse que os problemas com drogas têm levado muitos jovens ao “fundo do poço” e que a câmara está combatendo o consumo. Campo Maior possui atualmente mais de 150 locais de comercialização de crack, sendo que em cada um destes tem de uma à duas pessoas vendendo droga. O local mais crítico por concentrar o maior número de boca de fumo é o Bairro São João. Cada pedra vendida equivale a 15 gramas. Por dia são comercializados em Campo Maior 1,5kg e por mês são 45kg.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)