Senad e SRJ promovem curso para profissionais do judiciário

O ministro José Eduardo Cardozo participou nesta quarta-feira, 21, da aula inaugural do curso Integração de competências no desempenho da atividade judiciária com usuários e dependentes de drogas promovido pela Secretaria Nacional de Política Sobre Drogas (Senad) e Secretaria da Reforma do Judiciário (SRJ). O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Fórum Nacional dos Juizados Especiais (Fonaje) e as Faculdades de Direito e Medicina da USP são parceiros no projeto.

Essa formação inédita faz parte do programa Crack, é Possível Vencer e teve início com uma teleconferência aberta pelo próprio ministro, pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Cézar Peluso, e pela corregedora Nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon. A teleconferência foi transmitida ao vivo pela internet, no endereço operadoresdodireito.senad.gov.br e no http://blog.justica.gov.br.

Quinze mil juízes, defensores, promotores e outros profissionais do Judiciário participam do curso à distância, que é voltado a atividades de atenção, proteção e reinserção social de usuários e dependentes encaminhados aos Juizados Especiais Criminais e às Varas da Infância e Juventude. Além dos operadores de direito, também serão capacitados profissionais da área de atenção psicossocial e profissionais da área de segurança pública que atuam nos juizados de todo o Brasil. Todos já foram inscritos e selecionados. Há uma nova turma prevista para o segundo semestre de 2012.
Autor:
OBID Fonte: ACS – Ministério da Justiça