Beijing tornará mais rígidos os regulamentos contra fumo

Fumantes que violarem a uma proibição de fumo em Beijing serão multados em até 200 yuans (US$ 31,7), segundo o projeto de uma emenda antifumo que está sendo submetido à audição pública.

O Comitê Permanente da Assembleia Popular Municipal de Beijing está realizando uma audição pública sobre a emenda, que será concluída em 30 de abril.

O projeto define que fumantes podem enfrentar multas de entre 50 e 200 yuans (US$ 7,9 e US$ 31,7) por fumar em locais públicos como restaurantes, museus e hospitais, onde o fumo é proibido desde 2008, a multa atual é de 10 yuans (US$ 1,6).

Gerentes ou operadores de locais públicos também podem ser multados entre 5 mil e 10 mil yuans (US$ 794,5 e US$ 1.589) se não impedirem o fumo em seus estabelecimentos.

O regulamento também exige que distribuidores de tabaco suspendam temporariamente suas vendas no Dia Mundial Sem Tabaco, em 31 de maio de cada ano.

A China tem 300 milhões de fumantes, a maior população no mundo. Especialistas da saúde estimam que cerca de 740 milhões de pessoas são expostas à fumaça de modo passivo na China, pois a proibição do fumo é ignorada em alguns locais e raramente aplicada pelos responsáveis.
Autor:
OBID Fonte: CRI Online