Prefeitura realiza ações de combate ao crack no Jacarezinho e na Zona Sul

Jornal do Brasil
A Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) realizou na manhã desta quarta-feira, dia 25, duas operações simultâneas de combate ao crack e de acolhimento de população em situação de rua, no Jacarezinho e na Zona Sul.

No total, foram acolhidos 81 pessoas, sendo cinco adolescentes.

As ações começaram no início da manhã e envolveram mais de 30 profissionais da SMAS, dentre assistentes sociais, educadores sociais e psicólogos, e também contaram com o apoio de policiais civis e militares. Na 25ª incursão da SMAS ao Jacarezinho, desde o início das operações em março do ano passado, os profissionais percorreram a cracolândia onde localizaram 54 adultos e 5 adolescentes. No local também foram encontradas facas, estiletes, soco inglês, pedaços de vidro e uma pedra de crack.

Na Zona Sul, a ação se concentrou nos bairros Leblon, Ipanema, Lagoa e Humaitá onde foram acolhidos somente adultos, 22 no total. Os profissionais não localizaram nenhuma criança ou adolescente nas ruas da região.Todos os acolhidos aceitaram seguir para os abrigos do município com as equipes da Assistência Social. Aqueles que se declararam dependentes químicos pediram ajuda aos profissionais da SMAS para se livrarem do vício.

Os adultos foram encaminhados para o abrigo Rio Acolhedor, em Paciência, e as crianças e os adolescentes para a Central de Recepção Carioca, no Centro. Aqueles menores que forem identificados com alto grau de comprometimento com a dependência química serão conduzidos para tratamento em uma das quatro unidades de abrigamento compulsório.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)