Rio inicia programa de prevenção ao uso de drogas nas escolas

A Coordenadoria de Prevenção à Dependência Química da Prefeitura do Rio (CEPDQ), em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, inicia nesta segunda-feira, a etapa 2012 do Programa de Prevenção ao Uso de Crack e outras Drogas nas escolas da Rede Municipal de Ensino.

Os alunos representantes do Grêmio Estudantil da 1ª. CRE (Coordenadoria Regional de Educação) participarão de Oficinas de Prevenção, das 8h às 12h, com Psicólogos especialistas em Prevenção à Dependência Química, no auditório da 1ª CRE, na Rua Edgar Gordilho 63, Praça Mauá, Centro.

A programação das Oficinas de Prevenção contemplará as 10 Coordenadorias Regionais de Educação para potencializar às ações de capacitação dos professores.

O Programa de Prevenção ao Uso de Crack e outras Drogas nas Escolas Municipais foi implantado, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, em 2010, como um plano de ação para o enfrentamento do Crack e outras Drogas.

Suas ações consistem em: Cursos de Capacitação de Multiplicadores em Prevenção para professores; Oficinas de Prevenção para coordenadores pedagógicos, professores de salas de leitura; Oficinas de Prevenção com alunos dos Grêmios Estudantis; lançamento da cartilha “Somos um! Somos todos” para alunos do 6º ao 9º ano; palestras para representantes dos Conselhos Escola-Comunidade e Comissão de Professores; como também a Capacitação em Prevenção à Dependência Química para profissionais ligados ao Programa Saúde na Escola dos Núcleos de Saúde na Escola; Prevenção Itinerante nas Escolas com a Ronda Escolar da Guarda Municipal e o Concurso Tirando a Droga de Cena – Produção de audiovisuais.

Um trabalho de prevenção realizado de forma sistematizada, com ações integradas e contínuas, envolvendo os mais diversos segmentos da sociedade, constitui-se no principal vetor para a redução da demanda do uso de drogas. Ele precisa ser incorporado no cotidiano das pessoas, para que se promova a construção de uma nova cultura, na qual as substâncias psicoativas não simbolizem tentadoras fórmulas mágicas na corrida do homem pela superação de seus limites.

A Coordenadoria de Prevenção à Dependência Química trabalha com a visão de futuro de uma sociedade formada por cidadãos conscientes do seu papel de agentes de prevenção, investindo no exercício da cidadania e na qualidade de vida da população carioca, promovendo ações que valorizem cada pessoa como protagonista da construção de uma sociedade saudável, livre das drogas, alicerçada em valores éticos e, consequentemente, contribuírem para a redução do índice de violência.
Autor:
OBID Fonte: Terra notícias