Crack assola seis municípios na região

Portal Clicatribuna
O problema não é antigo, mas ganhou ênfase na divulgação realizada pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) ontem, que apontou os municípios com altos índices de consumo de crack em todo país.

Na Região Sul, sendo a AMREC e AMESC, seis cidades foram apontadas como alarmantes em relação ao número de usuário da pedra que vicia em cinco segundo de uso.

Na Região Carbonífera, dos 11 municípios, Criciúma e Morro da Fumaça foram os locais apontados. Já na Região do Vale, de 15 localidades, Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivotas e Jacinto Machado apareceram com alto índice de dependentes do crack.

Dos 293 municípios de Santa Catarina, 276 foram pesquisados e em 236 registrados a circulação da droga. De acordo com a pesquisa, 98% das cidades do país estão enfrentado problemas com o crack e também outras drogas e até o momento, poucos receberam apoio dos governos estadual ou federal.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)