Esporte auxilia no tratamento de dependentes químicos

Prefeitura Municipal de Guarujá
Que o esporte é qualidade de vida e saúde todo mundo sabe. Ciente disso, a Administração Municipal, por meio das secretarias de Esporte e Lazer e Saúde, criou um projeto que visa desenvolver atividades físicas para dependentes

Funcionando há dois meses na Unidade, o projeto desenvolvido pelo Caps-AD e pelo Centro Esportivo Duque de Caxias (Tejereba) inclui aulas de ginástica localizada e hidroginástica. No local, os alunos atendidos pela unidade têm aulas com professor de Educação Física.

O local atende uma grande demanda de pacientes com problemas com o álcool e com drogas. De acordo com a diretora da unidade, o esporte aliado ao tratamento de pacientes com este tipo de problema é fundamental para a recuperação dos mesmos.

“Muitos deles chegam ao Caps muito desanimados e, depois de dois meses, podemos perceber uma melhora. O esporte é um estímulo para eles continuarem com o tratamento, além de dar qualidade de vida e saúde para os atendidos”, conta a diretora.

As aulas são ministradas de segunda a quinta-feira no Caps. Os horários são alternados para que, assim, possam atender o máximo de pessoas. Nas segundas e quartas-feiras as aulas são ministradas das 9h30 às 10h30 e, nas terças e quintas-feiras das 15 às 16 horas.

Apesar do número de adeptos ainda não ser grande, muitos pacientes do Caps já procuram as aulas do professor José Henrique Salgado Damy. Ele destaca que os dependentes ainda ficam receosos ao procurar a aula. “Com o passar do tempo eles começam a confiar mais no professor e conversar sobre seus problemas. Criamos laços de amizade e isso ajuda ainda mais no tratamento deles”, aponta.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)