Ingerir álcool pode triplicar efeito de algumas drogas no organismo

Cientistas da Suécia destacam outro motivo – além de possíveis danos no fígado, hemorragia estomacal e outros efeitos colaterais – para evitar ingerir bebidas alcoólicas quando se estiver tomando determinados tipos de medicamentos. Pesquisa divulgada na publicação Molecular Pharmaceutics reúne evidências de que o álcool é capaz de triplicar o efeito de várias drogas no organismo, em relação à dose original.

A autora do estudo Christel Bergström, da Uppsala University, explica que a bebida alcoólica -ou etanol – pode alterar a interação de enzimas e outras substâncias corporais quando entra em contato com cerca de 5 mil medicamentos disponíveis no mercado, vendidos com ou sem receita.

Alguns desses remédios não se dissolvem totalmente no trato gastrointestinal – especialmente no estômago e no intestino. Os pesquisadores testaram então se com o álcool, essas drogas poderiam se dissolver mais facilmente e descobriu-se que a combinação intensificava o efeito do medicamento.

Foram testados 22 remédios e 60% deles apresentaram mostras que teriam os efeitos superdimensionados. Alguns tipos de substâncias, principalmente as ácidas, são as mais afetadas – como o anticoagulante varfarina, o tamoxifeno, usado para tratamento de cânceres e o naproxeno, responsável por aliviar dores e inflamações.
Autor:
OBID Fonte: R7