Consumo de crack coloca Bom Jesus das Selvas no mapa do tráfico

G1
Mais de 90% das prisões efetuadas na cidade tem relação com as drogas. Polícia credita dificuldade em combater tráfico à morosidade da Justiça.

O consumo de crack tem avançado no interior do estado e o problema já é registrado também em municípios menores, como em Bom Jesus das Selvas, localizada a 460 km de São Luís.

O clima de tranquilidade da cidade é cada vez mais raro. A distância dos grandes centros urbanos não impediu que os quase 30 mil habitantes fizessem parte de um dado preocupante quando o assunto é tráfico de drogas. Segundo a Confederação Nacional dos Municípios, o consumo de crack já tem registros em nove de cada dez cidades brasileiras.

A cidade de Bom Jesus das Selvas faz parte destas estatísticas. Este ano, a prisão de duas traficantes resultou na apreensão de 300 pedras de crack que seriam repassadas ilegalmente. O crescimento do tráfico é uma realidade reconhecida pela polícia, mas segundo o único funcionário da delegacia da região, o trabalho da polícia é prejudicado pela morosidade a Justiça. “A maior dificuldade é a legalidade das coisas, porque hoje, para entrarmos na casa e um traficante, tem que ser através de mandado de busca e apreensão da Justiça e, às vezes, essas ordens demoram muito. Já fizemos prisões sem mandados, mas no fim os criminosos são beneficiados pela lei. Então, às vezes, pessoas com 104 cabeças de crack estão nas ruas após 20 dias”, conta o investigador Robson Rodrigues.

O consumo do crack chegou acompanhado do aumento da violência. Mais de 90% das prisões efetuadas em Bom Jesus das Selvas tem relação com as drogas. O município tem cinco pontos de venda já identificadas pela polícia. De acordo com o Cabo Gomes, policial militar, está sendo constatado um grande número de usuário de drogas, entre crianças, mulheres e homens adultos e a situação, por falta de suporte, acaba se tornando de responsabilidade apenas das famílias dos usuários.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)