Fumantes têm mais insônia do que não-fumantes, afirmam cientistas

Pesquisadores alemães entrevistaram quase 1.100 fumantes e 1.200 não-fumantes e descobriram que 17% dos tabagistas dorme menos de seis horas por noite contra 7% dos não-fumantes. Outro dado interessante do estudo é que 28% dos fumantes relataram que a qualidade do sono é ruim, enquanto 19% dos “saudáveis”. Os dados são do Daily Mail.

O pesquisador Stefan Cohrs, de Berlim, na Alemanha, comenta os resultados obtidos.

Pela primeira vez, um estudo revela alta prevalência de distúrbios do sono em fumantes. Apesar de ainda não podermos afirmar que os efeitos estimulantes da nicotina sejam o único culpado, descobrimos que fumar também pode prejudicar a qualidade do sono.

Ele completa que os fumantes podem ter outros hábitos que afetam o descanso, como ficar acordado até tarde para assistir TV ou fazer pouco exercício.

De qualquer forma, este é outro bom motivo para abandonar o vício.

Outros estudos associam a falta de sono a problemas de saúde, como obesidade, diabetes e doenças do coração. Este trabalho foi publicado na revista Addiction Biology.
Autor:
OBID Fonte: R7