Rio vai internar compulsoriamente adultos dependentes em crack

Folha de S. Paulo
A Prefeitura do Rio irá internar compulsoriamente os adultos dependentes em crack na cidade.

A decisão foi anunciada pelo prefeito Eduardo Paes (PMDB) após reunião com lideres comunitários da favela do Jacarezinho, na zona norte da cidade.

“Não vou ficar de camarote assistindo às pessoas se drogarem nas ruas. Gente quase se jogando debaixo dos carros na avenida Brasil. Não vou ficar no debate ideológico. Nossa obrigação é salvar vidas”, afirmou o prefeito.

Paes disse que a medida não começa agora e também não afirmou quando será iniciada.

Na semana passada, 67 pessoas –entre elas cinco adolescentes– foram recolhidos em uma operação da Secretaria Municipal de Assistência Social na região do Parque União, na entrada da Ilha do Governador, na zona norte. Os moradores de rua e usuários de drogas foram identificados e encaminhados para abrigos.

Após a ocupação das comunidades do Jacarezinho e Manguinhos muitos usuários de crack foram outros pontos da cidade. Um grupo foi para a frente do Departamento Náutico do São Cristóvão Futebol e Regatas, em Ramos, bairro vizinho, também no subúrbio, e improvisou acampamento no local.

Outros grupos de usuários da droga se espalham nas entradas de comunidades próximas como Nova Holanda. Alguns se escondem atrás de tapumes de obras da Transcarioca (corredor expresso de ônibus) na avenida Brasil.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)