Comissão busca alternativa para tratar jovens dependentes

Sul Notícias
A busca por uma solução para atender crianças e adolescentes usuários drogas e álcool em Criciúma foi pauta de uma reunião de profissionais que atendem pessoas com idade até 17 anos.

O problema identificado no diagnóstico da realidade da criança e do adolescente de Criciúma tem muitas necessidades para chegar a ser solucionado, mas pode ser minimizado com a implantação de leitos para atendimento de quem precisa de tratamento desde o início do vício.

Com base na portaria nº 148 do Ministério da Saúde, que define normas de funcionamento e habilitação do Serviço Hospitalar de Referência para estes casos e disponibiliza recursos para atendimento, um comitê formado por dezenas de profissionais vai dar andamento ao processo. Conforme a secretária do sistema de Saúde, Francielle Lazzarin de Freitas Gava, a discussão do assunto está só no começo e trata-se de um projeto que precisa ser feito, estudado e credenciado no Ministério da Saúde para depois ser executado.

“É um processo longo, que precisa de muito debate para solucionar um problema que existe e precisa ser tratado. Entendemos que mesmo com os investimentos financeiros do Governo não temos como abrigar estes leitos em Criciúma”, explicou a secretária.

Ela conta que o próximo passo do grupo será visitar cidades vizinhas para oferecer a ideia aos hospitais menores. A portaria onde o Governo institui o incentivo financeiro também será apresentada em uma nova reunião a ser realizada no dia 13 de dezembro para que o grupo volte a discutir o assunto.

A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Andréia Salomão, conta que o uso de álcool e drogas começa com a evasão escolar, segue para o ato infracional e encerra normalmente na mesa do judiciário.

“Interessante que a discussão iniciou por meio do que descobrimos na execução do diagnóstico. É preciso fazer algum trabalho preventivo por eles que são alvos fáceis”, disse Andréa.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)