Parar de fumar reduz em 40% riscos de infarto e derrame

Deixar de fumar, mesmo por volta dos 50 anos, tendo fumado a maior parte da vida traz inúmeros benefícios à saúde, como a redução de 40% nos riscos de infarto e derrame. Em cinco anos sem cigarro, os riscos são os mesmos de um não-fumante. A conclusão é de uma pesquisa alemã feita durante dez anos, com nove mil pessoas, entre 50 e 74 anos.

O professor Hermann Brenner e sua equipe, do Centro Alemão de Pesquisas de Câncer, mostraram que os fumantes tinham o dobro de riscos de desenvolver infarto, mas ex-fumantes tinham os mesmos riscos dos não-fumantes.

O estudo reforça a bos notícia de que nunca é tarde para parar de fumar. Um estudo canadense publicado este ano também mostra que pessoas que deixam de fumar por volta dos 44 anos vivem tanto quanto aquelas que nunca fumaram.

Os pesquisadores descobriram que pessoas que abandonam o cigarro entre 35 e 44 anos ganham cerca de nove anos e as que deixam de fumar entre 45 e 54 anos e entre 55 e 64 anos ganham seis e quatro anos, respectivamente.
Autor:
OBID Fonte: O Globo