Maioria dos passageiros é contra servir bebida alcoólica em voos

Alguns passageiros gostam de tomar bebidas alcoólicas para relaxar em viagens aéreas, mas, segundo uma pesquisa que entrevistou mais de 6 mil viajantes de todo o mundo, a maioria deles gostaria que esse tipo de produto não fosse servido durante voos.

De acordo com o estudo, feito pelo site buscador de passagens Skyscanner, 63% dos passageiros acreditam que o álcool deveria ser proibido em viagens aéreas. O principal motivo alegado para apoiar a medida foi acreditar que passageiros alcoolizados atrapalham a experiência de viagem.

Entre os brasileiros entrevistados, a porcentagem de pessoas que acreditam que o álcool não deve ser servido nos voos foi ainda maior: 71%, número superior a todos os outros países incluídos no levantamento.

Apenas 16% dos entrevistados alegaram gostar de beber durante o voo e se mostraram contra uma possível proibição. No ano passado, a mesma pesquisa teve resultados bem diferentes: apenas 38% dos passageiros se disseram contrários às bebidas com álcool a bordo.

Alcoolizados na Rússia

O tema foi levantado após uma recente discussão sobre o futuro das bebidas alcoólicas servidas a bordo por companhias aéreas. Políticos da Rússia afirmaram que vão apresentar um projeto para banir o álcool em todos os voos para evitar comportamento de pessoas alcoolizadas.

Em fevereiro, depois que um avião russo que ia para a Tailândia teve que pousar no Uzbequistão porque um alcoolizado agrediu outros passageiros, a televisão estatal do país mostrou gravações amadoras de passageiros sob o efeito de álcool em diversas viagens aéreas.

Segundo 700 comissários de bordo entrevistados na pesquisa, os britânicos e os russos são os que mais ficam embriagados em voos. As gravações, segundo a agência Reuters, incluíam cenas de um homem dando uma cabeçada em um funcionário durante uma viagem e uma briga entre passageiros na fila do banheiro.

Em um terceiro incidente, um homem alcoolizado foi amarrado ao seu assento e teve sua boca tampada com fita adesiva depois que os outros passageiros se cansaram dele.

Segundo a televisão russa, apenas em um caso recente um passageiro russo foi processado criminalmente por comportamento violento a bordo de um voo. Vários outros foram multados. De acordo com a Reuters, dados da Organização Mundial da Saúde mostram que o consumo per capita de álcool na Rússia é o quarto mais alto do mundo.
Autor:
OBID Fonte: G1