Gestantes usuárias de drogas terão centro para tratamento

Bonde
O primeiro centro municipal para tratamento de gestantes usuárias de drogas do Brasil vai ser criado em Curitiba. A informação foi divulgada na sessão desta segunda-feira (8) pela vereadora Noemia Rocha (PMDB).

De acordo com a parlamentar, que é líder da oposição na Câmara Municipal, a implantação do novo serviço foi confirmada pelo prefeito Gustavo Fruet e pela presidente da Fundação de Ação Social, Marcia Fruet.

“Estou muito feliz, pois será um grande avanço para a cidade, visto que a medida protege as mães e as crianças curitibanas. Fiquei satisfeita, pois tenho lutado por esta causa e sugeri a implantação da medida, que foi aceita pelo poder Executivo”, salientou.

Ainda de acordo com Noemia Rocha, o serviço vai oferecer abrigo para as dependentes químicas, que receberão tratamento e poderão ter seus filhos em segurança. “Haverá um salão de beleza no local para atender as usuárias, resgatar sua autoestima e que servirá também como ferramenta de capacitação profissional”, relatou.

Por fim, Rocha acrescentou que o prefeito firmou o compromisso de criar novos equipamentos públicos para atender e recuperar os usuários de drogas da cidade.

Para o líder do governo na Câmara, vereador Pedro Paulo (PT), o tema é fundamental para toda a sociedade e o município tem promovido diversas ações no sentido de ampliar o atendimento às famílias que sofrem com a drogadição.

“Recentemente, tivemos um caso de repercussão nacional, do cantor Chorão, que morreu por overdose de cocaína, conforme laudo pericial. Isso gera um questionamento sobre o que estamos fazendo para enfrentar esse tipo de situação, em especial para os nossos jovens. As audiências públicas da prefeitura estão sendo realizadas e esse debate entre sociedade e poder público deve continuar”, concluiu.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)