PM visita escolas para alertar estudantes sobre perigos das drogas

Agência Brasília
Meta é atingir público de mais 80 mil jovens neste semestre

Aproximadamente 55 mil estudantes das escolas públicas do Distrito Federal foram alertados, neste ano, sobre os riscos do uso das drogas e entorpecentes pelas equipes do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), da Polícia Militar, divulgou hoje a Secretaria de Segurança Pública

“Policiais com formação em psicologia, assistência social e outras áreas de ciências comportamentais se aproximam da classe estudantil, indo para dentro das salas de aula e (com isso) conseguem evitar que muitos alunos se envolvam com as drogas”, destacou o chefe do Centro de Polícia Comunitária e Direitos Humanos da PM, tenente-coronel Nascimento.

O trabalho tem foco na prevenção e na conscientização dos alunos, alertados sobre os malefícios tanto das drogas lícitas quanto das ilícitas e sobre a conduta associada à violência.

“Sabemos que existe influência de más companhias em qualquer lugar em que nossos filhos andem, e esse programa da PM transforma o ambiente escolar em um local mais seguro”, elogiou a mãe Ana Paula Guimarães, que tem dois filhos em escolas públicas de Ceilândia.

A equipe de instrutores – composta por 38 policiais militares – atua em escolas públicas do DF que atendem alunos das séries iniciais e do Ensino Fundamental, e a meta para próximo semestre é sensibilizar mais 80 mil crianças e adolescentes.

“Esse programa serve para aproximar a polícia da comunidade escolar, e, com isso, usuários de drogas e traficantes que tentem se aproximar das escolas preferem permanecer afastados em razão desta aproximação da polícia com as salas de aula”, ressaltou a diretora regional de Ensino e presidente do Conselho Comunitário de Segurança Escolar de Ceilândia, Ana de Fátima Dias Henriques.

PROERD – O programa – criado no DF em 1998 – beneficiou mais de 500 mil jovens e contribuiu com ações integradas para manter crianças e jovens longe das drogas e da violência.

Ao final do trabalho realizado nas escolas, a PMDF promove uma formatura, ocasião em que todos beneficiados pelo programa se juntam para celebrar os bons resultados obtidos com a parceria entre escolas, comunidade e polícia.