Acadêmicos da UNOESC produzem documentário com o tema

Rádio Catarinense
Visando atender às disciplinas de Projeto Experimental I (Rádio ou TV) e Projeto Experimental II (online ou impresso), um grupo formado pelos acadêmicos: Fernanda Mingori, Jessica Dayane Novello, Odinei José Gonçalves e Patrícia Emanuelli Serafini, da 7ª fase do curso de Comunicação Social, habilitação em Jornalismo, da Universidade do Oeste de Santa Catarina – Unoesc Joaçaba, produziu um documentário e um livro reportagem sobre o tema álcool e direção, intitulado “Última Dose: o álcool tomando a direção”.

Embora o assunto seja constantemente abordado pela mídia, em especial após as recentes mudanças aprovadas na chamada Lei Seca (Lei nº 12.760/2012), os acadêmicos buscaram produzir um material que, além de ser um diferencial, pudesse ser utilizado para conscientizar a população. Foi com esse objetivo que o grupo buscou pessoas com históricos de acidentes automobilísticos, mas que sobreviveram para contar sua história. O objetivo foi justamente trazer um contraponto aos diversos documentários e reportagens que mostram as mortes no trânsito causadas pelo consumo indevido de álcool, mas pouco relatam as sequelas provocadas em pessoas que permanecem vivas. Para provar que a “guerra” do trânsito é uma realidade em todo o país, inclusive aqui no meio oeste catarinense, as peças trazem história de pessoas da nossa região, mais especificamente das cidades de Videira e Fraiburgo/SC.

O documentário e o livro reportagem, trazem as histórias reais de duas jovens, Marina e Josiane, envolvidas em um mesmo acidente de trânsito por um condutor sob efeito de álcool. Mas também buscam o embasamento legal, através de profissionais da segurança pública, bem como dados estatísticos e efeitos do álcool no organismo, disponibilizados por profissionais da área da saúde.

No último dia 21 de junho, o documentário e o livro reportagem foram apresentados na universidade, para uma banca composta pelos professores orientadores: Alex Baseggio, Gustavo Deon, Paulo Ricardo dos Santos e Silvia S. Simi dos Santos, além da jornalista Alessandra de Barros. Prestigiaram também esse momento especial para o grupo, alguns familiares, amigos, colegas dos cursos de Comunicação da Unoesc e pessoas que deram seus depoimentos, contribuindo assim para que o trabalho pudesse ser desenvolvido.O resultado foi a aprovação nas disciplinas, e uma grande expectativa criada pelo grupo de ver seu trabalho sendo divulgado para um grande número de pessoas, uma vez que o material já foi disponibilizado para a Polícia Militar, que o utilizará em palestras ministradas, especialmente em escolas da região, e demais pessoas e entidades que atuam na conscientização da sociedade.

Nas palavras usadas pelo próprio grupo quando da apresentação do projeto para a banca: “O que nós buscamos aqui, é evitar que o trânsito faça novas vítimas, como as jovens Marina e Josiane (personagens principais dessa história). Se conseguirmos tocar, por um único momento, a consciência de algum motorista, já teremos atingido nosso mais singular objetivo”.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)