Semana de enfrentamento às drogas vira lei

A Tribuna Mato Grosso
A Semana Municipal de Enfrentamento às Drogas foi oficializada em Rondonópolis pela Lei 7.764, de 25 de julho de 2013, sancionada pelo prefeito Percival Muniz. A lei é resultado do projeto de lei de autoria do vereador Dr. Manoel e estabelece sua realização anualmente entre os dias 19 e 26 de junho, junto da Semana Nacional Contra as Drogas.

Conforme Dr. Manoel, a instituição da Semana Municipal será muito importante em Rondonópolis, uma vez que, pelos estudos que possui, as ações que mais têm surtido resultado na luta contra as drogas são campanhas educacionais, principalmente junto ao público primário, que nunca fez uso de entorpecentes, atuando de forma preventiva.

O vereador repassou ao Jornal A TRIBUNA que a proposta é que a Semana Municipal de Enfrentamento às Drogas tenha várias atividades para discutir a problemática, envolvendo as Secretarias Municipais de Educação, de Saúde, Promoção e Assistência Social e o Gabinete de Apoio à Segurança Pública (Gasp).

Nesse período, Dr. Manoel diz que a ideia é realizar palestras, debates e atividades culturais com ênfase na prevenção das drogas em diferentes ambientes da sociedade. “Os jovens precisam ser orientados sobre os perigos das drogas para que possam evitar o seu consumo”, externou o vereador, posicionando-se de forma otimista em relação à nova lei.

Dr. Manoel observa ainda que o Brasil caminha cada vez mais para ter mais usuários de drogas ilícitas. Neste contexto, diz que trata-se de um assunto complexo e que as autoridades geralmente atuam e investem pouco por achar que vão ter poucos resultados.

Apesar de não ser possível eliminar o consumo dessas drogas, atesta que é possível orientar sobre os seus riscos e diminuir o número de usuários ou barrar o crescimento do número de usuários.
“O que não pode é a gente não fazer nada”, afirma o vereador, lembrando que o que mais tem gerado resultados nesse assunto é a prevenção em detrimento da repressão.

A intenção é que as ações da Semana Municipal envolvam diretamente as escolas do município, órgãos da administração e entidades de classe.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)