Milhares vão às ruas em marcha contra drogas em BH, diz PM

G1
Estudantes pediam também paz nas escolas públicas.
Segundo a polícia, cerca de cinco mil pessoas estiveram presentes.

Cerca de cinco mil pessoas se reuniram, neste sábado (10), e caminharam por ruas de Belo Horizonte, durante a 2ª Marcha contra o Crack e outras Drogas, segundo a Polícia Militar (PM).

O evento, promovido pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), reuniu também estudantes que pediam paz em escolas públicas.

(Correção: ao ser publicada, esta reportagem errou ao informar que 22 mil pessoas participaram da marcha. A informação foi divulgada pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais. O erro foi corrigido às 17h36.)

Várias atrações se revezaram na escadaria da ALMG. Um caixão representou o futuro dos usuários de drogas. “Quando a sociedade se mostra consciente nós entendemos que estamos no caminho correto para que as políticas tenham cada vez melhores resultados”, disse Cloves Benevides, subsecretário de Políticas sobre Drogas de Minas.

Ex-usuários foram convidados para mostrar que a recuperação é difícil, mas possível com tratamento e força de vontade. É o caso de Luiz Cláudio, que luta contra o vício há 16 anos e está sem fumar crack há dez meses.

“Lidar com os problemas do dia a dia sem precisar anestesiar de novo, sem precisar voltar para a droga, sem precisar usar de novo. Fazendo assim eu só vou atrapalhar ainda mais a minha recuperação”, afirmou o aposentado.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)