fbpx

Sest Senat fará orientação de conscientização aos motoristas

Diário do Sudoeste
Campanha de Mobilização para Combate ao Uso de Drogas e Álcool nas Estradas será dia 24 de agosto

O Sest Senat promove na próxima semana uma Mobilização para Combate ao Uso de Drogas e Álcool nas Estradas. Mais de 140 unidades em todo o país vão promover atividades de conscientização para os motoristas com palestras, distribuição de material informativo em blitz, contracheques e receituários, ações durante as aulas dos mais diversos cursos, veiculação de mensagens na internet, em rádios e jornais locais, entre outras.

Em Pato Branco não será diferente. No dia 24 de agosto, das 8h30 às 12h, a unidade do Sest Senat local estará realizando o trabalho preventivo no trevo da Catani, uma ação em conjunto com a Polícia Rodoviária Estadual. “Haverá a distribuição de panfletos, alertando sobre os riscos do efeito do álcool e drogas, além de testes de bafômetro”, explica o diretor da unidade de Pato Branco, Rodrigo Battiston.

O diretor faz o alerta a todos os motoristas que, caso sejam flagrados com o teste de bafômetro, serão autuados pela Polícia, cabendo a ela tomar as providências cabíveis. Serão orientados todos os motoristas, independente do tamanho do veículo. “O maior objetivo será a prevenção, focando no assunto da campanha, uma operação de conscientização”, reforça.

A mobilização do Sest Senat segue em consonância com as ações desenvolvidas pelo governo federal. Em junho deste ano, o Ministério das Cidades lançou mais uma campanha de trânsito do Pacto Nacional pela Redução de Acidentes (Parada – Um pacto pela vida). Com o slogan “Motorista, álcool e drogas podem fazer da sua viagem um caminho sem volta”, o órgão quer reduzir significativamente o número de acidentes de trânsito.

Em 2010, foram mais de 42 mil vítimas fatais no trânsito brasileiro. Com uma frota correspondente a 3,1% (2.414,721) dos 77,8 milhões de veículos registrados no país, os caminhões estão envolvidos em 21% dos acidentes com mortes. O Ministério das Cidades divulgou que, de 1996 a 2010, o número de acidentes envolvendo caminhões (56,8%) foi o terceiro que mais evoluiu no período, atrás das motocicletas (714,7%) e bicicletas (165%).

Para o Sest Senat, o objetivo é desestimular o uso de substâncias que comprometam a capacidade de percepção, os reflexos, a habilidade de controlar o automóvel, a coordenação motora e outras consequências que a ingestão de álcool e drogas pode causar para quem pegar a direção.
Battiston adianta ainda que dentro deste ano haverá outras campanhas de orientação ao bom comportamento no trânsito. A próxima acontecerá dentro da Semana Nacional do Trânsito, no mês de setembro, em parceria com entidades e órgãos públicos. “Agora estamos nas reuniões de planejamento, sem uma progamação fechada, mas será mais de um evento confirmado”, garante.

Lei Seca

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) sofreu algumas alterações no final de 2012 para tornar mais rígidas as punições para quem for pego dirigindo sob efeito de álcool. A chamada Lei Seca é regida, desde então, pela Lei 12760, de dezembro de 2012. Com as mudanças na Lei, a multa é hoje de R$ 1.915,40. Quem for flagrado dirigindo alcoolizado pela segunda vez, no período de um ano, pagará o dobro do valor.

Em 2012, até novembro, a PRF aplicou 547,820 mil testes de embriaguez, multou 27,350 mil e prendeu, por crime de trânsito, 7,838 mil motoristas. De janeiro a agosto, a PRF registrou 4,888 mil acidentes causados por ingestão de álcool por parte do motorista, com 4,046 mil pessoas feridas e 296 óbitos.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)