Proerd capacita 85 policiais com novo método norte-americano

Ministério da Justiça
Representantes de todas as unidades da federação participam, em Porto Alegre, do Workshop de Atualização de Mentores do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd). Até 15 de novembro, serão formados 85 policiais militares no novo currículo do programa. Esses mentores retornarão aos seus estados aptos a atualizarem outros profissionais.

Desenvolvido nos Estados Unidos, o novo currículo será apresentado no Brasil por dois peritos norte-americanos. A principal característica desse novo material é a sua adaptabilidade às novas formas de comunicação com as crianças da faixa etária de 5º ano. Recursos audiovisuais foram incorporados às atividades dos policiais em sala de aula.

O evento faz parte do programa “Crack, é possível vencer”, realizado em parceria pelo Ministério da Justiça e o governo do Rio Grande do Sul. Ainda em novembro, será realizado um seminário em Porto Alegre com 450 alunos, sendo 54 de outras unidades da Federação. O evento marcará 15 anos do programa no estado, nos dias 20, 21 e 22 de novembro.

O Proerd tem como objetivo a prevenção primária ao uso e ao abuso de substâncias psicoativas por crianças e adolescentes. O policiais militares do Proerd atuam junto à comunidade escolar e às famílias, buscando desenvolver competências sociais, tais como habilidades de comunicação, autoestima, empatia, tomada de decisões, resolução de conflitos, objetivo de vida, protagonismo infanto-juvenil, autonomia, alternativas ao consumo de drogas e melhoria da qualidade de vida.

Também são foco do programa as estratégias preventivas para reforçar os fatores de proteção, em especial aqueles referentes à família, à escola e à comunidade, que favoreçam a resistência ao envolvimento com drogas.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)